Dicas de E-mail Marketing que vão realmente trazer resultado para sua empresa

Escrito por
Dicas de e-mail marketing que vão realmente trazer resultado para sua empresa

Há alguns anos, quando comecei a trabalhar com marketing, confesso que eu realmente achava o e-mail marketing era uma prática “necessária, mas não efetiva”. Claramente é porque eu não estava fazendo isso direito…

Estamos tão acostumados com os e-mails de promoções, parceiros, ofertas, “compre já”, que às vezes fica difícil entender o porquê gastar o meu tempo ( que já é escasso) produzindo algo que claramente não dá resultado. Ainda vemos muito pouco aqui no país empresas que realmente conseguem aproveitar sua base de contatos, e levar algo de relevante para eles, engajá-los com os principais valores de marca e transformar tudo isso em um retorno real para a marca.

Pense que você acabou de conhecer uma nova pessoa, seja lá de qual maneira. Provavelmente sua primeira reação não vai ser pedir um chiclete. O mesmo vale para as relações entre empresas e pessoas.

Se a pessoa acabou de confiar o e-mail dela para você é porque acredita que você vai levar algum valor com seu conteúdo, logo, sua primeira interação não pode ser pedindo uma compra, que rude!

Esse tipo de comportamento é exatamente o porquê de muitos consumidores não engajarem com sua marca ou com suas campanhas.

E como fazer isso?

Antes de começarmos, você deve se fazer algumas perguntas:

  • Quem são seus consumidores?
  • Qual o ticket médio de seu produto?
  • Você precisa educar seus consumidores sobre o seu produto e seu mercado?
  • Você tem conteúdo para enviar?
  • Qual o tamanho do seu ciclo de vendas?

Cada uma dessas respostas vão facilitar sua identificação de sua estratégia de e-mail marketing.

Se sua empresa é B2B, é provável que você tenha um ciclo de vendas mais longo, por isso uma boa alternativa são os e-mails educativos, que aproximam você e seu cliente de forma gradual, e ainda mostram de forma mais clara a visão e diferenciais de sua empresa para ele, e como seu produto/serviço pode ajudá-lo a aumentar seus números.

Quando um novo assinante entra em sua base a sua primeira meta é fazer com que ele entenda sua empresa, e se sinta próximo dela, existem várias maneiras, desde uma série de e-mails de boas vindas, até o envio de um material específico para uma dificuldade que ele completou em seu formulário, mas para tudo isso funcionar só tem uma maneira: Amando o seu mailing.

Parece piegas, mas é verdade.

Essas pessoas que se inscreveram em sua lista de e-mail o fizeram porque vêem valor em seu conteúdo/produto/marca, ou seja, eles são seus consumidores e prospects mais engajados, e só por isso merecem uma atenção e uma aproximação especial. Antes de enviar qualquer promoção, e-mail ou oferta, seu primeiro pensamento deve sempre ser: Isso traz algum valor para quem se inscreveu para receber minhas novidades? Ou isso é apenas para cumprir alguma rotina de marketing? Caso seja exclusivamente pela segunda alternativa, sugiro fortemente que você repense essa campanha.

A linguagem também é um ponto importante. É claro que você deve adequar a linguagem ao público, mas algo extremamente quadrado não funciona muito bem, já que cai no padrão “publicidade, e-mail para vendas e parceiros”. Aja como pessoa, e não esqueça que você está falando com uma. Mantendo isso em mente o e-mail marketing fica muito mais fácil de ser criado.

Falei nesse post sobre a importância de não enxergar sua lista de e-mail como uma multidão de pessoas que vão comprar seu produto. Esse tipo de pensamento se reflete diretamente na linguagem que você usa para compor seus e-mails marketing, o que os deixa extremamente impessoais e não atrativos. Olhe para as personas que você criou (caso você não tenha criado ainda, recomendo fortemente) e escreva para sua persona focal, e apenas para ela. Nesse ponto de ser mais pessoal, vale também trocar o rementente para uma pessoa no lugar de enviar com o nome da empresa. Eu não quero uma empresa falando comigo, é muito abstrato, já um representante dessa empresa me agrada mais, e com isso suas taxas de abertura vão subir mais um pouco.

Se você tem assinantes de perfis diversos (consumidores, prospects, imprensa, investidores, etc) eu recomendo fortemente que você crie algumas segmentações para entregar a mensagem certa para a pessoa certa, e economizar os demais públicos de um e-mail que não os interessa.

O grande segredo do e-mail marketing, como eu vim descobrir há não tanto tempo, não é um visual incrível, ou um e-mail gigante repleto de mensagens diversas e gráficos bonitos, mas sim o quanto o conteúdo dele vai realmente trazer algum benefício para seus assinantes.

Esse sim vai te trazer resutados excelentes!

Fonte: AceleraTech

Menu Dicas de Marketing:
Aproveite e Curta o nosso Facebook: